Header Ads

Ação conjunta das polícias prende dois suspeitos pela morte do estudante Bruno em Posto da Mata

Nova Viçosa: Uma ação conjunta das forças policiais do 4° Pelotão da 89ª CIPM, CIPE/CAEMA e Polícia Civil, prenderam na tarde deste domingo, 31 de março, no distrito de Colônia Nova, no município de Nova Viçosa, dois acusados de terem participado do homicídio de Bruno dos Santos Silva, 22 anos de idade, na madrugada de sábado (30). O corpo de Bruno foi encontrado em via pública, por disparos de arma de fogo no distrito Posto da Mata. Após a morte do jovem, que era estudante de direito na FASB, em Teixeira de Freitas, as forças policiais iniciaram a troca de informações levantadas em torno da possível motivação do crime.

Inicialmente familiares e amigos acreditavam que se tratava de um latrocínio (roubo seguido de morte), já que a motocicleta da vítima teria sido levada, bem como a sua carteira, que não foi encontrada. Após levantamento das informações, os policiais chegaram a dois suspeitos, sendo que um estaria com a motocicleta da vítima, Honda/Bros NXR 160, cor vermelha, placa PPP 0399, sendo este, um menor de 16 anos, que assumiu ter planejado a morte de “Bruno”, juntamente com outro comparsa, identificado como, Charles da Silva Conceição, de 20 anos, sendo este o executor do homicídio, e, que estava com arma do crime na cintura.

A arma, uma garrucha de 2 canos de calibre .38, ainda estava com a cápsula do projétil que matou a vítima, no momento em que o Charles foi abordado pelos policiais. O menor, relatou aos policiais que teria planejado a morte do “Bruno” por conta dele estar lhe ameaçando de morte por conta de uma carga de droga tipo cocaína, no valor de R$ 350,00 (trezentos e cinquenta reais), que ele teria pegado com o Bruno, e não teria pago, e, que ele trabalhava para a vítima há aproximadamente um ano, vendendo cocaína e loló (droga tipo lança perfume).

Ainda segundo o adolescente, o Bruno teria lhe designado o ponto de vendas nas imediações de um posto de combustível, que fica na área urbana do distrito de Posto Mata, nas margens da BR 418, para vender para os caminhoneiros, viajantes e os usuários daquelas proximidades. Ainda segundo o menor, após ele ter pegado a última carta de droga, e não ter pagado o Bruno, ele então passou ameaçá-lo de morte, quando ele pediu ajuda ao Charles para poder executá-lo, antes que ele cumprisse tais ameaças.

O Charles, que já tem várias passagens policiais, em entrevista à nossa reportagem, negou a participação no crime, mas assumiu que a arma é dele, e, que foi a mesma que matou a vítima. Eles foram conduzidos para a Sede da 8ª COORPIN, em Teixeira de Freitas, e apresentados para delegado, Marco Antônio Neves, que lavrou o flagrante dos dois acusados. Eles foram conduzidos para a carceragem da unidade policial, por conta da falta de energia, e o delegado Marco Antônio teve que interromper as oitivas dos acusados.

Já nesta manhã de segunda-feira, 01 de abril, após depoimento ao delegado Marco Antônio Neves, o Charles acabou confessando que foi realmente ele quem atirou e matou o Bruno. O delegado irá pedir a Prisão Preventiva do Charles e a Internação do menor. O inquérito será saneado e finalizado, sendo remetido à Comarca Criminal de Nova Viçosa.


Photo Jornalismo/Por: Cloves Neto

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.