Header Ads

Assaltantes trocam tiros com a PM do Prado após assalto: Um morre e outro é preso


Prado: Policiais da 88ª CIPM do Prado estavam em ronda na madrugada deste sábado, 13 de abril, por volta das 03h00 da manhã, quando se depararam com dois suspeitos, que estavam em uma motocicleta não identificada, assaltando um posto de combustível. Ao ver os militares, os suspeitos atiraram contra a guarnição, iniciando uma troca de tiros, e em seguida os mesmos saíram em disparada, tomando sentido ignorado. Logo depois, populares informaram que havia uma pessoa com uma arma em punho, nas proximidades do cemitério.

A guarnição se deslocou, e ao se aproximar, o suspeito atirou contra a guarnição, que novamente respondeu à injusta agressão, e ao cessar fogo, o suspeito estava caído ao chão, com uma arma tipo revólver, de marca Rossi, com numeração suprimida, com 05 cartuchos deflagrados. O criminoso foi conduzido para a unidade hospitalar, onde foi constatado o óbito. O criminoso foi identificado pelas vítimas como um dos autores do assalto.

Trata-se de Gilberto Barbosa dos Santos Júnior, vulgo “Juninho”, de 23 anos, que além da arma, foi apreendido o capacete que ele usava no momento do assalto. No momento que os policiais estavam pegando os relatos das vítimas, chegou a informação de que o comparsa do Juninho, que estava pilotando a moto, teria dado entrada no Hospital de Alcobaça com dois ferimento de raspão por disparos de arma de fogo.

Os policiais militares do Prado se dirigiram até o hospital, onde efetuaram a prisão do suspeito, que foi identificado como, Túlio do Espírito Santo, de 21 anos. Após alta médica, ele foi conduzido para Sede da 8ª COORPIN, em Teixeira de Freitas, onde foi realizada a apresentação para o delegado plantonista, Júlio Telles, que flagranteou o “Túlio”, por assalto sob ameaça de arma de fogo.

O delegado registrou também a Morte por Oposição à Intervenção de Agente do Estado, em relação ao Gilberto (Juninho), e solicitou a remoção do corpo para o IML de Teixeira de Freitas, onde passou por necropsia, sendo liberado para os familiares.

Photo Jornalismo/Por: Cloves Neto

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.