Header Ads

RONDESP/Sul prende 04 acusados de matar Luan no Tancredo Neves em Teixeira: Armas e drogas são apreendidas

Teixeira de Freitas: Policiais da RONDESP/SUL receberam informações na noite desta quinta-feira, 02 de maio, que alguns suspeitos estariam em uma residência situada na Rua Almirante Barroso, n° 258, no Bairro Nova Teixeira, e que eles teriam participação no homicídio do jovem Luan Pinheiro Souza, de 19 anos, que foi executado na noite de quarta-feira (01), no Bairro Tancredo Neves, com 20 disparos de arma de fogo tipo pistola, de calibre .9mm. A guarnição se deslocou para o endereço, fizeram um cerco, e realizaram abordagem no interior do imóvel, onde foram encontrados três suspeitos. O suspeito José Carlos da Silva Júnior, vulgo "Juninho", de 25 anos, assumiu ter sido o executor dos disparos que matou, o “Luan”, e segundo ele, a ordem teria vindo do presídio, pois a vítima estaria trabalhado para um grupo rival de traficantes.

Os outros dois suspeitos que estavam no interior do imóvel, foram identificados como, Jheferson de Oliveira Reis, vulgo "Jhefinho", de 19 anos, o qual assumiu que estava dirigindo o veículo no momento da execução. Já o terceiro suspeito trata-se de Elpidio Souza Lima, vulgo "Pido", de 24 anos, que também estariam no interior do veículo no momento do homicídio. Os PMs questionaram sobre a arma utilizada no crime, e eles informaram que estava com um quarto participante, no Bairro São Lourenço. Continuando a diligência, os militares chegaram próximo ao imóvel apontado pelos comparsas, e o acusado avistou a viatura, tentou correr, mas, foi capturado. Trata-se de Ramon Santos de Souza, vulgo “Ramonzinho”, de 20 anos, que apontou onde escondeu as duas armas tipo pistola.

Tratam-se de duas armas importadas, de calibre .9mm, sendo que uma estava com a numeração suprimida. Com os acusados foram encontrados ainda, uma porção de cocaína pesando aproximadamente 17 gramas, e duas buchas de maconha, além do veículo utilizado, de modelo GM/Prisma, de cor branca, que estava ostentando placa policial PPE 2742, sendo uma placa fria. O veículo é produto de roubo/furto, no Espírito Santo. Diante dos fatos, os acusados foram conduzidos para a Delegacia de Polícia, e apresentados para o delegado plantonista, Júlio Telles, que flagranteou os acusados por formação de quadrilha armada; posse de arma de calibre restrito; posse de entorpecentes, e homicídio triplamente qualificado.

O inquérito policial instaurado já foi encaminhado para o delegado do NHT, Manoel Andreetta, que ao ter conhecimento das prisões, imediatamente se dirigiu para a delegacia, para auxiliar no flagrante, já iniciando as oitivas com os quatro acusados sobre o homicídio e sua motivação. O delegado informou para a nossa reportagem, que assim que concluir os trabalhos deste inquérito, ele concederá uma entrevista para o Sistema Liberdade News de Notícias, contado detalhes dos fatos. Na oportunidade, ele parabenizou os policiais militares da RONDESP/SUL pela prisão dos criminosos, bem como, ao seu colega, o delegado, Júlio Telles, pela qualificação dos criminosos, que são de alta periculosidade.

Photo Jornalismo/Por: Cloves Neto

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.