Header Ads

Traficante acusado por mais de 50 mortes é preso em Valença

Comparsa também foi detido pela polícia


Anderson Luís dos Santos, o Da Penha, e comparsa, Gilvan dos Santos Paixão, o Vando, foram presos na sexta-feira (10), acusados de mais de 50 homicídios na região de Valença. Policiais da 5ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (5ª Coorpin/Valença) cumpriram os mandados de prisão preventiba no bairro de Novo Horizonte, na cidade.

Anderson é apontado como líder de uma quadrilha de traficantes responsável por vários outros crimes, incluindo mortes. “Ele ordenava mortes de rivais de mais duas quadrilhas que rivalizavam com o grupo dele, além de fornecer armas e munições para criminosos da sua facção”, diz o delegado Raimundo Neri. Os homicídios foram em Valença, Morro de São Paulo, Boipeba e Cairu.

Os dois foram encaminhados para a prisão. Para o delegado Neri, a retirada dos dois das ruas é um enfraquecimento da criminalidade na região. “Demos um duro golpe no tráfico de drogas e de armas, prendendo o último líder de uma perigosa facção criminosa que atuava nesta região”.

Photo Jornalismo / Com informações do Correio24h

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.