Header Ads

Polícia Civil de Itamaraju prende acusados de matarem a adolescente " Martiellen" em tentativa de assalto


Itamaraju: A Polícia Civil de Itamaraju, através do Serviço de Investigação – S.I, divulgou parcialmente o resultado de suas investigações relacionadas aos roubos que vêm ocorrendo por dois, ou mais indivíduos a bordo de uma motocicleta preta que abalou a ordem pública e a paz social da cidade, especialmente pelo último latrocínio contra uma adolescente de 16 anos, que após ser atingida por um tiro em uma tentativa de assalto, foi socorrida ao hospital, mas, não resistiu e veio a óbito.

Segundo a delegada Rosângela Santos, desde os primeiros registros de boletins de ocorrência, realizados na delegacia de Polícia Judiciária, o S.I. iniciou uma intensa investigação em busca de elementos para chegar à qualificação dos autores. Diante de seu caráter investigativo, diversas providências foram tomadas, quais sejam: depoimentos das vítimas; incursões em bairros; recolhimento de imagens de sistemas de seguranças e triagem dos supostos autores, catalogados no arquivo interno desta unidade, com ênfase nas características físicas descritas pelas vítimas e imagens de circuito de TV.

“Na noite do último domingo, 02 de junho do corrente ano, foram apresentados os suspeitos Julimarques da Silva Neves, o “Tango” e Jabson de Jesus, por uma guarnição da 43ª CIPM de Itamraju, por estarem conduzindo uma motocicleta objeto de furto. Destarte, o S.I estabeleceu um cruzamento de informações relativos às características físicas dos suspeitos e suas vestes, detalhes da motocicleta e dos capacetes, os quais já constavam nos relatos das vítimas, bem como, nos respectivos reconhecimentos presencial e por foto formalizados em cartório, tanto dos indivíduos como da motocicleta, levando-se então a conclusão que se tratavam dos mesmos autores, inclusive, do latrocínio ocorrido no Domingo, dia 02/06/2019”, explicou a delegada.

“Por conta de todos esses elementos probatórios restou configurada a autoria do disparo que ceifou a vida da adolescente Martiellen de Jesus Rocha, de 16 anos, como sendo a conduta delitiva perpetrada pelo acusado Julimarques da Silva, o “Tango”, além de ser reconhecido por outras vítimas em outras empreitadas criminosas da mesma natureza, juntamente com seu comparsa Jabson de Jesus. Frisa-se ainda que a Polícia Civil de Itamaraju permanecerá envidando esforços à identificação de possíveis criminosos que estão atuando nesta Cidade”, finalizou a delegada Rosângela Santos.

Photo Jornalismo / ASCOM/PC

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.