Header Ads

Conheça todos os desdobramentos da prisão do acusado de estuprar uma criança de 10 anos em Teixeira

Teixeira de Freitas: O Liberdade News juntou todas as informações, desde o ato covarde e criminoso praticado pelo acusado Valmir Domingas de Jesus, 30 anos, contra uma criança de 10 anos de idade, até a sua prisão, ocorrida nesta quinta-feira, 26 de setembro, no Espírito Santo. Valmir era procurado pela polícia desde o dia 22 de setembro (domingo), quando abordou a criança, que estava indo na padaria comprar pão, a levou para uma construção, e sob forte ameaça, estuprou a garotinha, que precisou passar por duas cirurgias no HMTF.

Na ocasião, o criminoso pegou um mototáxi clandestino, e a polícia teria informações de que ele poderia estar escondido em Medeiros Neto, onde ele teria parentes. Logo após o crime, os investigadores da DEAM fizeram varredura no histórico de vida do suspeito, natural de Linhares/ES, descobrindo que Valmir tinha passagem em delegacias daquele estado, denunciado por assedio sexual de menor e por furto, sendo que o endereço exposto em ocorrências do ES constava que ele residia, na ocasião, no Distrito de Jacupemba, em Aracruz. Ressalta -se o excelente trabalho prévio de apuração feito pela Delegada Andressa e sua equipe plantonista, que foi de grande importância para as investigações.

O Valmir também era suspeito do mesmo crime (ou fatos semelhantes) em Medeiros Neto (BA), cidade onde ele residiu e onde moram muitos familiares, e com passagens nas delegacias de Teixeira de Freitas, também por fatos equivalentes. Ao avançar nas investigações, os policiais descobriram que o carro usado por Valmir no seu trabalho, que segundo o Sistema da Polícia, era de um morador de Aracruz/ES. As equipes da DEAM, sob liderança da delegada Viviane Scofield e do NHT, sob liderança dos delegados Manoel Andreetta e Bruno Ferrari, em continuidade às investigações, receberam informações do CICOM, através do SOInt da 87ª CIPM e da CAEMA que também monitoraram e trocaram muitas informações com a Polícia Civil, e chegaram ao paradeiro de Valmir, que poderia estar escondido no Distrito de Jacupemba, em Aracruz/ES.

Com esta informação, os investigadores da DEAM e com apoio do NHT da 8ª COORPIN, deslocaram-se para Jacupemba, e chegaram a uma propriedade rural, onde o Valmir estava. O delegado Manoel Andreetta, informou que as equipes ficaram por 48 horas em campana, monitorando o suspeito, e que teve grande apoio da população local, especialmente no ato da prisão, pois populares se ofereceram para ajudar e cercaram o local com seus próprios veículos. O delegado Bruno Ferrari, foi o primeiro a avistar o acusado, que saiu correndo, na tentativa de escapar da prisão.

O vídeo mostra o momento em que o acusado foi rendido pelo delegado Bruno Ferrari, e o quanto o delegado estava cansado, ofegante. Em entrevista ao Liberdade News, Ferrari disse que avistou o acusado a uns 200 metros e correu, ordenando que ele se entregasse. O acusado correu e o delegado saiu em perseguição por mais de um quilômetro no cafezal, onde o acusado pulava cercas, até chegar em uma área habitada, onde tentou se esconder nas casas, até que foi alcançado e rendido pelo delegado. Neste momento o restante da equipe, que estava com o delegado Manoel Andreetta, se aproximou e o acusado recebeu voz de prisão, já imobilizado no chão.

Segundo os policiais civis, que efetuaram a prisão do Valmir, ele chegou a pedir para que o matasse. O acusado não ofereceu resistência, e foi conduzido para uma delegacia local, onde foi dado cumprimento ao mandado de prisão. Em seguida o acusado foi recambiado para Teixeira de Freitas, onde por questão de segurança, foi direto para o Conjunto Penal. Nossa equipe de reportagem acompanhou o momento em que o acusado chego no CPTF, e uma multidão o aguardava. Muita comoção, muita revolta pela violência perpetrada contra uma criança inocente.

Nossa equipe de reportagem não conseguiu entrevistar o acusado, pois, havia muitos policiais e agentes de segurança e havia urgência na sua acomodação, pois, era preciso garantir a integridade física do acusado. Valmir Domingas de Jesus encontra-se custodiado na cela do seguro no CPTF, à disposição da Justiça. “Felizmente logramos êxito nessa prisão. A Polícia Civil agradece ao apoio da Polícia Militar de Teixeira através do CICOM, do SOInt, 87ª CIPM e CAEMA, que em parceria com a Polícia Civil vem realizando um excelente trabalho, especialmente nesta prisão, pois a comoção da comunidade e o anseio por Justiça eram enormes”, disse Andreetta.

PHOTO JORNALISMO / Por: Edvaldo Alves/Liberdadenews

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.