Header Ads

"Kelvin" tenta assaltar caldaria em Teixeira, militar reage e assaltante acaba baleado na perna

Teixeira de Freitas: Homem tenta assaltar estabelecimento comercial na noite desta quarta-feira, 11 de setembro, na cidade de Teixeira de Freitas, e acaba sendo baleado por um policial militar, que estava no local. O fato aconteceu em uma caldaria, localizada na Avenida São Paulo, por volta das 20h40, quando o acusado, que foi identificado posteriormente como Kevin Anderson Gonçalves Berteli, 27 anos, chegou anunciando o assalto com uma faca tipo peixeira, pedindo o dinheiro do caixa para o proprietário do estabelecimento, que não esboçou nenhuma reação, dizendo apenas que iria pegar o dinheiro.

Em seguida, o acusado começou a pedir os pertences dos clientes que estavam sentados nas mesas, momento que havia mais de um policial militar no local, sendo que um deles, esperou o momento exato para realizar a ação, sem colocar nenhuma pessoa em risco, anunciando que era da polícia, e com a arma dele em punho. Porém, o assaltante tentou reagir à ação policial, indo para cima do PM com a faca, momento que o militar atirou na perna esquerda do acusado. Após o criminoso cair no chão, os demais clientes, motivados pela emoção (raiva), começaram agredi-lo.

O mesmo PM que efetuou o tiro de alerta, conteve a situação, impedindo que as agressões continuassem, mantendo o acusado imobilizado no chão, até a chegada de uma guarnição, que foi solicitada através do CICOM/190. Assim que chegou no local, a viatura prestou socorro, conduzido o assaltante para o Hospital Municipal - HMTF, onde após ter dado entrada, passou por avaliação médica, sendo encaminhado para o Centro Cirúrgico. O proprietário do estabelecimento, juntamente com o policial militar envolvido na ação, compareceu na Delegacia de Polícia, juntamente com a guarnição, onde foi registrada a ocorrência.

A arma do assaltante (faca) utilizada na ação, foi apresentada na delegacia. Após oitiva do militar e do dono da caldaria, o delegado de plantão, Júlio Telles, se deslocou até a unidade de saúde, mas, não teve como ouvir o acusado (Kelvin), que já estava no centro cirúrgico. Familiares do Kelvin compareceram na delegacia e informaram ao delegado, que o acusado tem problemas de saúde mental, inclusive já foi internado para tratamento psicológico.

Porém, os familiares não apresentaram nenhum laudo médico, neste primeiro momento para autoridade policial de plantão. O caso será encaminhado para o delegado titular, Ricardo Amaral, para que possa dar continuidade na lavratura do flagrante de roubo tentado, realizando a oitiva do acusado na unidade hospitalar, ou lavrar apenas um termo de apuração dos fatos, diante da apresentação dos laudos médicos constatando o problema de saúde mental do Kelvin.

PHOTO JORNALISMO / Por: Cloves Neto/Liberdadenews

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.