Header Ads

Operação Stunt Car: Polícia Civil de Nova Viçosa apreende 05 veículos roubados e prende receptadores

Nova Viçosa: A Equipe da Polícia Civil de Nova Viçosa, liderada pelo delegado Marco Antônio Neves, deu início nesta tarde de terça-feira, 24 de setembro, à operação denominada "Stunt Car” (nome relacionado com veículo dublê), realizando a apreensão de cinco veículos, sendo um Toyota Corolla, de cor cinza; um Honda Civic, de cor cinza; um HB20 de cor vermelha; um Fiat/Siena, de cor vermelha e um Fiat/Palio, de cor cinza, todos veículos a serem identificados através de perícia. Na operação ocorrida no distrito de Posto da Mata, os policiais prenderam três receptadores de veículo produto de furto/roubo, além de duas pessoas responsáveis pela guarda e venda dos veículos.

Os responsáveis pela guarda dos veículos foram identificados como sendo, Adailton Ferreira dos Santos, vulgo “Nego”, de 40 anos e Sidney Theilon Costa, de 27 anos, sendo respectivamente pai e filho. Os receptadores, residentes na cidade de Nova Viçosa, alegaram que foram enganados pelos dois (Pai e Filho) que para a prática dos crimes contava ainda com a participação de outro membro da família, de nome Saimon Thailon Costa Maciel, de 25 anos, que é filho do Adailton e irmão do Sidney, o qual se encontra em lugar incerto, após ter fugido da cidade logo após tomar conhecimento da operação em que seu pai e seu irmão haviam sido presos pela Polícia Civil.

Informações obtidas pela equipe de investigadores revelam que os três são responsáveis pela venda de outros veículos, sendo que eles utilizavam nos documentos dados falsos, colocavam as informações de um veículo verdadeiro. Dentre os carros apreendidos, tem um Honda Civic, com placa de Vitória da Conquista/BA, em que com a colaboração da Polícia Civil daquela cidade, na pessoa do delegado Marcelo Cavalcanti e sua equipe, foram efetuadas diligências e constatou-se que o veículo original estava em Vitória da Conquista, e inclusive foi submetido à perícia e constatou-se sua originalidade.

Três dos receptadores pagaram os valores da fiança arbitrada e irão responder em liberdade, enquanto que os crimes em relação ao Adailton Ferreira e seu filho Sidney Thailon, previstos no Art. 180, com as qualificadoras que agravam o crime, uma vez que eram veículos de outro Estado e que eram destinados ao comércio, sendo que alguns deles até o momento não foram recuperados. Segundo o delegado Marco Antônio Neves, as investigações continuam, e os suspeitos já se encontram presos à disposição da Justiça.

PHOTO JORNALISMO / Por: Edvaldo Alves/Liberdadenews

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.