Header Ads

NHT elucida homicídio de Lucas ocorrido em Janeiro de 2018 e pede prisão dos acusados


Teixeira de Freitas: A Polícia Civil de Teixeira (NHT da 8ª COORPIN), sob o comando dos delegados Manoel Andreetta e Bruno Ferrari, concluíram mais um inquérito policial sobre um homicídio consumado, praticado contra a vítima identificada por Lucas Jhonata Gonçalves Barbosa, o “Luquinha”, fato ocorrido no dia 05 de janeiro de 2018, em via pública, próximo ao Colégio Amigos de Aracruz, no Bairro Liberdade I. Segundo informações preliminares, dois indivíduos utilizando uma motocicleta Honda Bros, de cor vermelha, placa não identificada, se aproximaram e abordaram a vítima no próximo ao referido colégio.

O carona efetuou vários disparos de arma de fogo contra a vítima, que acabou falecendo ainda no local sem qualquer chance de defesa. A vítima fatal foi encontrada em decúbito dorsal, apresentando várias lesões provocadas por disparos de arma de fogo, sendo uma na cabeça, uma nas costas e duas no peito. Após a prática do crime, os executores deixaram o local com a motocicleta, tomando rumo ignorado, conforme registrado através do levantamento cadavérico realizado pela Equipe do Plantão, juntamente com as Equipes da PM e do DPT local.

O caso foi para a Equipe do NHT, e após o desenvolvimento das investigações, imprimidas em conjunto com os investigadores Alexandre Augusto, Sérgio Adriano, Alex Honorato e Júnior, apuraram que a vítima estava envolvida com o tráfico de drogas nos bairros Liberdade I (Ubaldino); Liberdade II (Timotão) e Liberdade III (Invasão); parte do bairro São Lourenço; Tancredo Neves; Cidade de Deus; Luiz Eduardo; Redenção; e Vila Vargas, trabalhando como “menino de pista” e “executor” para o grupo de traficantes denominado Grupo de Flavão/Bujão/Jacó.

“Não obstante, as investigações demonstraram que a vítima também esteve envolvida diretamente na prática de uma série de crimes de homicídios tentados e consumados contra integrantes do grupo de traficantes rival, o Grupo de Beto Carroceiro/Conde/Ciclone. Por conta da guerra existente entre os grupos, em uma situação de “Revide”, os executores do grupo Tairone da Silva Gomes, 20 anos e Cleo Maicon de Souza, o “Dão”, 22 anos, mataram a vítima Lucas Jhonata, no momento em que a mesma se encontrava em via pública, utilizando uma motocicleta Honda Bros, de cor vermelha, de placa não identificada”, explicou o delegado.

Ainda segundo as investigações, o Cleo Maicon era o condutor, e o Tairone era o carona e responsável por efetuar os vários disparos de arma de fogo, que levaram a vítima à morte, ainda no local, impossibilitando-lhe qualquer chance de defesa. “De fato, o crime foi praticado a mando de seus chefes diretos, as pessoas de Fábio Jesus Torres, o “Conde” (37 anos) e Genilson Silva Santos, o “Ciclone” (26 anos). A Equipe do NHT continuará combatendo, de forma sistemática e incansável, os vários grupos de traficantes que atuam em nosso Município, contando sempre com o apoio e a confiança da comunidade para fornecer as informações necessárias que possibilitem à Polícia elucidar os crimes e a concluir as investigações”.

O delegado finalizou: “A comunidade é a melhor das polícias, no momento em que cada pessoa, cansada de tanta violência, passa a ser os olhos e os ouvidos das autoridades, dentro de sua rua, dentro de seu bairro, dentro de cada região, podemos ter um forte aliado”, explicou o delegado. Diante da gravidade da situação, foi pleiteada a concessão da prisão preventiva dos envolvidos no crime, visando garantir a garantia da ordem pública e a aplicação da Lei Penal. O procedimento foi devidamente finalizado, saneado e relatado no NHT.

PHOTO JORNALISMO / Por: Edvaldo Alves/Liberdadenews

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.