Header Ads

Tigrão Produções e MWM Segurança mostram despreparo e desrespeito no Parque de Exposições de Teixeira


Teixeira de Freitas: Uma confusão no Camarote do Parque de Exposições de Teixeira de Freitas está sendo o assunto mais comentado nas redes sociais neste fim de semana. Segundo informações apuradas por nossa equipe de reportagem, uma comitiva de empresários do Rio de Janeiro e um prefeito amigo de Temóteo foram barrados de entrar no camarote pelos seguranças da MWM, que faziam a segurança do evento. Ainda segundo informações, o prefeito pediu ao seu assessor para liberar a entrada da comitiva, e os seguranças não atenderam ao pedido.

O prefeito Temóteo Brito foi pessoalmente para a portaria e começou a confusão. Os seguranças da empresa, e o próprio dono da MWM Segurança, Vanio Santos, dificultaram a entrada da comitiva alegando estar atendendo ordens de Tigrão, que era responsável pelo camarote. Cenas de despreparo, falta de profissionalismo e desrespeito tomaram conta do evento. Empurra-empurra, confusão, discussão, e a falta de respeito com a autoridade maior do município, o prefeito Temóteo. Uma comitiva de empresários que estava conhecendo a cidade, prestes a investir no município, passando esse vexame.

O fato está sendo muito comentando, e mesmo opositores ferrenhos do prefeito Temóteo saíram em sua defesa. “Faltou bom senso, profissionalismo e ética. Sou oposição à administração do prefeito, mas, esse fato foi lamentável. A Exposição acontece por grande participação da Prefeitura Municipal, e o prefeito não ter a opção de convidar pessoas para participar do evento, é lamentável. Ficou feio para Tigrão Produções, faltou respeito para com o prefeito da cidade. Não é de hoje que recebemos denúncias desses seguranças. Deixo meu total repúdio aos organizadores, disse uma repórter de Teixeira.

Segundo informações, na sexta-feira, essa mesma equipe da MWM Segurança barrou o Secretário de Agricultura do Município, um dos organizadores do evento de subir no camarote. Há diversas outras denúncias dessa empresa, que sempre vem dificultando o trabalho da imprensa e de autoridades no acesso aos eventos. “Teixeira de Freitas precisa de empresas com experiência comprovada. Os promotores precisam investir nisso. Faltou bom senso e isso vem acontecendo há tempos, não só em Teixeira, mas na região. É preciso pessoas que tenham diplomacia e expertise em conduzir situações como essa”, disse um empresário que presenciou o ocorrido.

O Liberdade News compreende o trabalho da equipe de segurança e reconhece a difícil tarefa de garantir a segurança dos eventos, mas este fato mostrou o total despreparo dos promotores do evento, que só visam ao lucro e esquecem da logística e da diplomacia. É lamentável uma situação como essa, ainda mais vindo de uma empresa que há anos vem se beneficiando da parceria público/privada e assumiu o monopólio desta tradicional festa, que na atual gestão vem recebendo grande incentivo. Lamentável, independente de posicionamento político, que o prefeito, maior incentivador da Exposição, tenha que passar essa vergonha frente aos seus convidados.

“É preciso reciclagem, é preciso investimento em pessoal, em profissionais especializados em cerimoniais. As reclamações são inúmeras e já vêm acontecendo há muito tempo. Independentemente de ser o prefeito ou não, a MWM e a Tigrão Produções não respeitam as pessoas que gastam, investem e participam de seus eventos. Se aproveitam da pouca concorrência e da paixão do teixeirense por festas. Que esse vexame sirva de exemplo. Que esses promotores de evento se especializem, pois cobram um preço muito alto e ofertam um péssimo serviço”, disse uma pessoa que presenciou a confusão.

Nossa equipe de reportagem procurou o dono da empresa MWM Segurança, Vanio Santos, e ele disse que mora em Teixeira há 45 anos, local onde ele vive e tira seu sustento, e que jamais iria barrar as pessoas que trazem investimento para a cidade. Ele alegou que estava lá o tempo todo e que o camarote era particular. “Jamais Tigrão ia fazer uma festa e barrar o prefeito”, disse Vanio Santos. Nossa equipe tentou contato com Tigrão e nossas ligações não foram atendidas.

PHOTO JORNALISMO / Por: Edvaldo Alves/Liberdadenews

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.