Header Ads

Crime Bárbaro: NHT elucida homicídio de mulher grávida de 06 meses em Teixeira e pede prisão dos acusados

Teixeira de Freitas: O NHT da 8ª COORPIN, chegou em tempo recorde à elucidação de um homicídio que chocou a população teixeirense, pela forma cruel e covarde pelo qual foi praticado. Trata-se do homicídio de Ana Cristina do Nascimento Bonifácio, 25 anos de idade, que estava grávida de 06 meses, crime praticado na noite do dia 16 de outubro deste ano, no interior do estabelecimento comercial denominado Bar da Shirly, localizado na Rua Grinaldo Medeiros, no Bairro São Lourenço, em Teixeira de Freitas.

Na ocasião do crime, dois indivíduos em uma motocicleta de placa não identificada, chegaram ao local, o carona desceu, adentrou ao recinto e efetuou vários disparos contra a vítima, que foi pega de surpresa, e acabou morrendo ainda no local, sem esboçar qualquer reação de defesa. Após a prática do crime, os executores deixaram o local, tomando rumo ignorado. O caso foi para a Equipe do NHT, aos cuidados dos delegados Manoel Andreetta e Bruno Ferrari, com apoio dos investigadores Sérgio Adriano, Alexandre Augusto; Alex Honorato e Marcos Gomes.

Com o desenvolvimento das investigações, os policiais apuraram que a vítima fatal estava envolvida com o tráfico de drogas no Bairro São Lourenço, figurando como integrante do Grupo de Jacó, grupo associado ao grupo maior denominado Grupo de Bujão. “Vale frisar que, a transferência recente de um dos chefes do Grupo de Bujão para o presídio de segurança máxima de Serrinha, vem causando grande instabilidade nas áreas de controle do grupo, facilitando a expansão do grupo rival denominado Grupo do Gueto”, explicou o delegado Manoel Andreetta.

Ainda segundo o delegado, o Grupo do Gueto vem recrutando antigos traficantes da área, inclusive pertencentes a outros grupos de traficantes rivais, para promoverem a guerra com o claro objetivo de expandir seus domínios, conquistando e encampando novas áreas para o comércio e a distribuição de drogas, dentro dos bairros de sua atuação. “Com efeito, a vítima foi morta pelos executores do Grupo do Gueto, as pessoas de Thiago dos Santos Luz, 18 ano, e seu primo Mateus Costa Matos, o “Mineiro”, de 19 anos, a mando do interno do CPTF, a pessoa de Neilton de Moura Chaves, o “Zelão”, 22 anos”, acrescentou.

“De fato, consta que a vítima vinha ganhando gradativamente espaço dentro do Bairro São Lourenço, crescendo o poder de ação do seu grupo, o denominado Grupo de Jacó, havendo informações de que estava ganhando muito dinheiro com a venda das drogas naquela localidade, fato que vinha incomodando demasiadamente, os integrantes do grupo rival, quando então, atendendo a ordem de Neilton, os executores chegaram no local e executaram a vítima. O procedimento foi devidamente finalizado, saneado e relatado no NHT, com o pedido de prisão preventiva dos envolvidos.

PHOTO JORNALISMO / Por: Edvaldo Alves/Liberdadenews

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.