Header Ads

Exames de digitais identificam mulher encontrada morta em casebre às margens da BR 101 em Teixeira


Teixeira de Freitas: Mulher encontrada morta com as mãos amarradas para trás, em casebre às margens da BR 101, próximo à Ponte do Rio Itanhém, em Teixeira de Freitas, é identificada no final da manhã desta sexta-feira, 24 de janeiro, após realização de exame necropapiloscópico, realizado pelo Perito Técnico, Sandro de Abreu, no Departamento de Polícia Técnica de Teixeira de Freitas.

Segundo informações, a polícia levantou informações de que a vítima poderia se tratar da pessoa de "Sheila Silva de Jesus", de 29 anos, e o perito realizou a coleta de suas digitais, havendo muita dificuldade, devido ao estado do corpo (em elevado estado de decomposição), mas, mesmo assim, com um trabalho minucioso, conseguiu confrontar as suas digitais, com a do Sistema do Banco de Dados da SSP/BA.

Após análise, o perito Sandro conseguiu confirmar a sua identidade, como se tratando da pessoa de Sheila Silva de Jesus. Já em relação ao resultado que irá apontar aproximadamente quantos dias em que a vítima teria sido morta, ainda será concluído pela perícia. A perícia estima preliminarmente, que a vítima Sheila, foi assassinada na mesma noite em que o seu companheiro, Carlos Roberto dos Santos Moreira, vulgo "Michelângelo", de 29 anos, foi assassinado.

O Michelângelo foi encontrado na manhã do último domingo (19), com vários cortes longos e profundos, de instrumento pérfuro-contundente, tipo facão, sendo seu corpo encontrado às margens do Rio Itanhém, próximo à ponte, local próximo da localidade onde o corpo da Sheila, também foi encontrado. O caso está sendo investigado pelo delegado da Pasta de Homicídio, Manoel Andreetta, que poderá elucidar esses dois bárbaros homicídios.

PHOTO JORNALISMO / Por: Cloves Neto/Liberdadenews

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.