Header Ads

Mistério: Homem procura a polícia e diz onde escondeu corpo, mas, ao chegar no local, o cadáver não estava mais

Alcobaça: A Polícia Militar de Alcobaça apresentou no final da manhã deste domingo, 02 de fevereiro, na Delegacia Territorial de Teixeira de Freitas, a pessoa de Antônio Lima dos Santos, 22 anos de idade, pelo fato dele ter se apresentado na sede da 88ª CIPM em Alcobaça, comunicando que há cerca de 10 dias, ele estava com seus amigos, sendo um deles identificado pelo prenome de Diney e o outro o seu cunhando, quando o cunhado do Diney assassinou uma pessoa, identificada como José Paulo de Oliveira Ramos, 24 anos.

Ainda segundo o Antônio, o crime aconteceu no Distrito de São José, e após o assassinato, ele ajudou os amigos a ocultar o cadáver em uma plantação de eucalipto. Após a apresentação do Antônio, a delegada de plantão Rina Andrade autorizou a remoção do corpo ao IML de Teixeira de Freitas, onde o corpo passaria por necropsia. Os familiares da vítima, que são moradores da cidade de Guaratinga foram informados e compareceram na Delegacia Territorial. O Antônio se dirigiu ao local, com a equipe do IML, mas, o corpo não estava no local.

Apesar de toda a mobilização policial, do IML, de familiares e da Polícia Militar, o corpo não estava no local, possivelmente, o Diney e seu cunhado tenham removido o corpo para outro lugar. O delegado titular de Alcobaça Maderson Souza foi informado do caso, e o procedimento apurado pelo Plantão Regional será remetido para Alcobaça, para uma investigação mais detalhada. Segundo a polícia, essa é a quarta vítima que desaparece em São José de Alcobaça, e há informações concretas de que estes desaparecidos foram assassinados.

Em entrevista à nossa equipe de reportagem, Josiane de Oliveira Ramos, 28 anos, disse que é irmã do José Paulo (vítima) e mora em Guaratinga. Segundo a irmã, ela recebeu informações que haviam encontrado o corpo do seu irmão neste domingo (02 de fevereiro), e que a polícia estava indo ao local buscar o corpo do seu irmão. Após essa informação, ela saiu de Guaratinga e veio para Teixeira. Quando chegou na Delegacia Territorial de Teixeira de Freitas, ela recebeu informações que o corpo do seu irmão havia sumido novamente.

Ainda segundo a irmã, o José Paulo não tem envolvimento com nada errado, não usa drogas e é trabalhador. “Ele estava em São José de Alcobaça há pouco mais de 04 meses e meu último contato com ele foi no dia 23 de janeiro. Ele estava muito feliz porque tinha arrumado um emprego, mas, nesse mesmo dia, no final da tarde, eu não conseguir mais falar com ele. Fiquei sabendo que ele tinha entrado em um carro preto em posto de gasolina com umas pessoas com as quais ele estava bebendo”, disse a irmão do José Paulo.

Ainda segunda a Josiane, ela quer justiça e quer que o corpo do seu irmão apareça e que as pessoas culpadas pela sua morte, que paguem na justiça.

PHOTO JORNALISMO / Por: Edvaldo Alves/Liberdadenews

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.