Header Ads

Mulher morta a tiros pode ter sido confundida com a irmã; mãe foi baleada

Autor invadiu casa e disparou contra vítima que dormia no quarto


Geisa Costa Neri, 22 anos, foi morta a tiros dentro de casa; ela teria sido confundida com irmã / 
Foto: Arquivo pessoal 

PORTO SEGURO
- Uma mulher de 22 anos morreu no Hospital Luís Eduardo Magalhães, em Porto Seguro, na manhã desta segunda-feira (10), pouco tempo depois de ser atingida por tiros dentro da sua casa, no bairro Parque Ecológico. Há suspeita de que Geisa Costa Neri pode ter sido confundido com a irmã. A mãe dela também foi baleada.

Conforme apurou a reportagem do RADAR 64, Silvana Silva Costa, idade não divulgada, atendeu um chamado na porta da residência, que fica na Rua Aloisio Santos, por volta das 5h. Um homem desconhecido perguntou pela filha dela e invadiu o imóvel.

Geisa, que estava dormindo no quarto, foi atingida por vários tiros. Um dos disparos acabou alvejando Silvana. O filho da jovem, de dois anos, também estava no interior da casa no momento do crime, mas não foi ferido.

As vítimas foram socorridas pelo SAMU e encaminhadas ao hospital. Geisa chegou a passar por cirurgia, mas não resistiu à gravidade dos ferimentos. Não há informação sobre o estado de saúde da mãe dela.

Há suspeita de que o autor pretendia matar a irmã de Geisa. Ele está sendo procurado pela polícia.

O corpo foi encaminhado para necropsia no Instituto Médico Legal. A Polícia Técnica vai realizar perícia no local do crime.


PHOTO JORNALISMO / Fonte: Radar64

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.