Header Ads

Acusado de ter cometido homicídio em Itamaraju é apreendido por policiais do PETO em Teixeira


Teixeira de Freitas: Troca de informações entre policiais militares de Itamaraju e Teixeira de Freitas levou à apreensão de um adolescente de 17 anos, acusado de ter cometido um homicídio na noite de domingo (01), na cidade de Itamaraju, quando executou o seu desafeto, Marcos Vinicius Rodrigues Moura, de 16 anos. Os PMs da 43ª CIPM obtiveram informações que o adolescente suspeito de ter cometido o crime, teria saído da cidade de Itamaraju, com destino à Vitória/ES, na noite desta segunda-feria, 02 de março, e que poderia estar passando por Teixeira.

Os policiais do PETO da 87ª CIPM se deslocaram até o terminal rodoviário para averiguar se o acusado estaria lá, quando o encontraram, aguardando a saída do ônibus. Os policiais, então, deram continuidade até o terminal rodoviário, onde encontraram o suspeito, que ao ser abordado, foi encontrado com ele, 10 cartuchos intactos de calibre .38; 01 porção de substância tipo cocaína, o valor em espécie de R$ 48,00 (quarenta e oito reais), e a passagem para cidade de Vitória/ES.

Segundo informações, ao ser questionado sob o homicídio, ele confessou que teria matado o Marcos Vinicius, devido eles terem rixas anteriores, e que o Marcos Vinicius teria furtado alguns pertences dele tempos atrás. O adolescente disse ainda que ele foi tirar satisfação com o Marcos, e a vítima teria "dado de bichão" para cima dele, lhe ameaçando de morte, o que o levou a tirar a vida dele, antes que ele cumprisse com as promessas.

Ele disse ainda que teria alugado a arma, sendo um revólver de calibre .38, pelo valor de R$ 500,00 (quinhentos reais) para cometer o crime, e que um carro teria vindo trazê-lo em Teixeira para que ele pudesse pegar o ônibus para Vitória/ES, bem como, disse que as munições apreendidas, alguém iria pegar em sua mão no terminal rodoviário de Vitória. Ele foi conduzido para a Delegacia Territorial, e apresentado para o delegado de plantão, Charlton Bortolini, que após oitiva, realizou os procedimentos cabíveis.

Os procedimentos serão encaminhados para a Delegacia de Itamaraju, para o delegado titular, Gilvan de Meireles, que dará continuidade às investigações, e comunicará a Promotoria Pública para as devidas providências. O adolescente, após outiva foi liberado para o responsável, pois, não estava em estado de flagrante.

PHOTO JORNALISMO / Por: Cloves Neto/Liberdadenews

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.