Header Ads

Homem morto em posto de combustível respondia a diversos crimes no Espírito Santo

Para a Polícia Civil, execução com mais de 10 tiros foi vingança


Everson foi morto ao parar em posto de combustível na BR-367; Ele já estava sendo seguido pelos assassinos / 
Foto: RADAR 64 

PORTO SEGURO - O homem morto com mais de 10 tiros na manhã do último domingo (1º), em um posto de combustível às margens da BR-367, na Agrovila, município de Porto Seguro, respondia a diversos processos criminais no estado do Espírito Santo.

Pelo menos um desses processos, segundo o delegado Moisés Damasceno, era por suspeita de assassinato, tanto que ele já estava com júri popular marcado na comarca de São Mateus, onde morava.

As investigações conduzidas pela 23ª Coorpin indicam que Everson Alves de Carvalho Passos, 38 anos, veio para Porto Seguro após briga interna entre o grupo criminoso do qual faria parte.

Everson passou o Carnaval em Porto Seguro com uma amiga. Os dois ficaram hospedados em um hotel na orla norte. No retorno da cidade, ele parou o carro em uma lanchonete. Dois bandidos, que estavam em outro veículo, o executaram com mais de 10 tiros. A mulher não ficou ferida.

Everson passou Carnaval com amiga em Porto Seguro; na volta, ele foi executado com mais de 10 tiros / 
Foto: Reprodução / redes sociais 

Para o delegado, como nada foi roubado, a principal suspeita é que foi um crime de vingança. "Mas ainda não temos confirmação se o crime foi praticado por membros do grupo criminoso que se rachou ou por outra quadrilha", frisa Moisés Damasceno.

O carro usado pelos assassinos, um Onix branco, de uma locadora, foi encontrado incendiado na BR-367, pouco tempo depois do homicídio.

A quadrilha da qual Everson faria parte, ainda segundo a polícia, era especializada em tráfico de drogas, homicídios e outros crimes. O delegado não informou se já tem alguma pista que possa levar aos criminosos, que no momento da execução usavam capacetes.

Everson morava na Ilha de Guriri, município de São Mateus, onde era dono de um bar.

PHOTO JORNALISMO / Fonte: Radar64

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.