Header Ads

Mais de 800 presos começam a ser liberados na Bahia

Serão liberados também, segundo a Seap, detentos que fazem parte do grupo de risco


Presídio de Eunápolis: casos de presos que podem ser liberados serão analisadsos pela justiça na segunda-feira / 
Foto: RADAR 64 

EUNÁPOLIS - Mais de 800 detentos devem ser liberados de unidades penitenciárias baianas, devido ao surto do Covid-19 no estado, conforme decisões judiciais anunciadas na sexta-feira (27). De acordo com a Seap, Secretaria de Administração Penitenciária, a medida não é generalizada.

Em Eunápolis, a Vara de Execuções Penais vai analisar, a partir de segunda-feira (30), os casos de presos que cumprem pena em regime semiaberto, que têm autorização de trabalho, que estão em prisão administrativa ou saída temporária.

Serão liberados também, segundo a Seap, os detentos que fazem parte do grupo de risco: os maiores de 60 anos e os que possuem doenças graves ou crônicas.

A secretaria informa que não há um número preciso de quantos presos serão liberados na Bahia, mas a previsão é que na segunda (30) eles já sejam liberados.

A soltura não significa isenção do processo. Apesar de estarem liberados dos presídios, eles continuam respondendo pelos crimes que cometeram.

A secretaria não confirmou se os presos serão monitorados e terão que voltar para a detenção quando a situação se normalizar.

PHOTO JORNALISMO / Fonte: Radar64

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.