Header Ads

Moradores de São José de Alcobaça tentam linchar adolescente que matou o pai com espingarda artesanal

Alcobaça: Moradores do distrito de São José de Alcobaça tentaram linchar o adolescente, que teria vitimado o seu pai com um tiro de espingarda acidental, levando-o a óbito na tarde deste sábado, 29 de fevereiro. O adolescente teria sido conduzido para Sede da 8ª COORPIN, em Teixeira de Freitas, pelos policiais militares que atenderam à ocorrência, na companhia de um familiar e de uma equipe do Conselho Tutelar. Após a realização dos procedimentos, o delegado de plantão teria liberado o adolescente, baseado nos relatos do familiar, dos Militares e Conselheiros Tutelares, entendendo que se tratou de um acidente o disparo da arma de fogo.

Foi levado em conta ainda, o diagnóstico do problema de saúde mental do menor, que apresenta transtornos psicológicos em decorrência de um problema de depressão. Segundo os conselheiros, quando eles chegaram na casa do adolescente, em São José de Alcobaça, teriam uma multidão de pessoas, porém, eles imaginaram que seria em decorrência do velório da vítima, mas, quando pararam para que o familiar e o adolescente descesse do carro, eles foram cercados pelas as pessoas.

A multidão queria arrancar o adolescente do interior do veículo, para poder lincha-lo, movidos pelo sentimento de revolta pelo ocorrido. Eles tiveram que fechar os vidros e trancar as portas para não serem também agredidos, momento que o motorista teve que sair empurrando algumas pessoas que estavam na frente do veículo, com cuidado para não machuca-las, quando conseguiram saír do local em alta velocidade.

Os conselheiros retornaram para Sede da 8ª COORPIN, em Teixeira de Freitas, onde relataram ocorrido para o delegado, porém não quiseram realizar o boletim de ocorrência dos fatos. O adolescente foi levado para um local de acolhimento pastoral em Teixeira de Freitas, onde deverá ficar até realização dos trâmites legais, para que o adolescente receba acompanhamento médico e psicológico, bem como, aguardar o manisfesto do Ministério Público da referida Comarca.

PHOTO JORNALISMO / Por: Cloves Neto/Liberdadenews

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.