Header Ads

PRF persegue motociclistas fazendo racha na BR-367; um é preso

Para alcançar motos, PRF imprimiu velocidade de 130 km/h

Condutor se equilibrava com dois pés para trás e deitado sobre banco, além de segurar guidom com uma das mãos
EUNÁPOLIS
- Um racha de motocicletas, próximo ao Delta Park, na BR-367, em Eunápolis, resultou em fuga e perseguição na tarde desta segunda-feira (16). Quando a Polícia Rodoviária Federal tentava abordar as motos, os condutores saíram em alta velocidade, ultrapassando outros veículos em faixa contínua. A ação foi filmada por uma câmera acoplada no carro da polícia.

O acompanhamento tático, segundo a PRF, durou cinco minutos. Um dos motociclistas, de 19 anos, acabou preso. O outro, que é primo dele e estava com um amigo na garupa, conseguiu fugir.

Segundo a inspetora Neila Cardoso, chefe da 9ª Delegacia da PRF, durante a fuga o condutor da moto que conseguiu escapar se equilibrava com os dois pés para trás e deitado sobre o banco, além de segurar o guidom com apenas uma das mãos. "Ele colocou em risco a própria a vida, a vida do amigo e outras pessoas que passavam pela rodovia", afirmou Neila.

Condutor se equilibrava com dois pés para trás e deitado sobre banco, além de segurar guidom com uma das mãos

Conforme Neila, os dois disputavam corrida, um crime considerado muito grave pelo Código Brasileiro de Trânsito (CTB). O que foi preso usava apenas sandálias e a sua moto estava sem os retrovisores, outras infrações graves. O jovem preso foi autuado em quase R$ 8 mil pelas diversas infrações que somaram 35 pontos na carteira de habilitação (CNH), que foi recolhido e deve ser suspensa pelo Detran.

Em dado momento, os motociclistas transitaram na rodovia com uma moto ao lado da outra e para evitar uma colisão frontal, o condutor de um automóvel que seguia em sentido contrário foi obrigado a desviar, a fim de evitar um acidente grave. Para alcançar as motos, os policiais precisaram imprimir uma velocidade de 130 km/h.

Neila Cardoso, chefe da 9ª Delegacia da PRF / 
Foto: Arquivo RADAR 64 

"A PRF alerta que mantém fiscalização rigorosa nas rodovias, para coibir condutores agindo com imprudência, falta de cuidado e desrespeito às Leis de Trânsito, com foco principal de garantir a segurança viária dos usuários que utilizam as rodovias federais da região", destacou Neila.

O crime está previsto no artigo 308 do CTB e prevê penas entre 6 meses a 10 anos de prisão, além de suspensão da CNH.

PHOTO JORNALISMO / Fonte: Radar64

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.