Header Ads

Agência Adventista (ADRA) ajuda necessitado do COVID-19 na Bahia

( Valter Pontes/Secom)

Aquidabã recebe lavanderia móvel para ajudar pessoas em situação de rua
Equipamento ficará no local por 15 dias e será utilizado para lavagem de roupas e pertences

A população em situação de rua passa a contar, a partir desta terça-feira (31), com um equipamento móvel para lavar suas roupas e pertences. A lavanderia industrial móvel foi instalada no Terminal Aquidabã e vai beneficiar cerca de 500 pessoas por dia. Os atendimentos serão das 8h às 15h, inclusive aos finais de semana.

O serviço foi implantado pela prefeitura, que também anunciou a distribuição de 500 refeições por dia para esas pessoas, além de oferecer assistência psicossocial. A medida é mais uma que visa o combate ao novo coronavírus. O equipamento é fruto de uma parceria da prefeitura com a Agência Adventista para o Desenvolvimento e Recursos Assistenciais Leste (Adra).

A apresentação foi feita pelo prefeito ACM Neto, ao lado do vice-prefeito e secretário de Infraestrutura e Obras Públicas, Bruno Reis, e da secretária de Promoção Social e Combate à Pobreza (Sempre), Ana Paula Matos.

(Foto: Valter Pontes/Secom)

O prefeito destacou que a entrega da lavanderia faz parte de um conjunto de inciativas adotadas pela prefeitura para dar apoio e assistência social à população em situação de rua e revelou que o equipamento será rotacionado em outras áreas da cidade.

“No último domingo, demos início às distribuições das refeições, no Pelourinho. Na segunda anunciamos um pacote de medidas na área social, que incluem essa lavanderia móvel, que vai ficar por 15 dias aqui no Aquidabã e depois será rotacionada em outros pontos da cidade”, garantiu Neto, que revelou que a lavanderia conta com uma equipe completa para dar o suporte necessário à essa parcela da população.

“A ideia é que as pessoas em situação de rua possam lavar as suas roupas e seus pertences nessa lavanderia industrial, que é completa e conta com equipe de apoio. A Adra tem sido uma parceira muito importante nesse trabalho de assistência aos mais pobres. Vamos fazer a distribuição de refeições nesse local: serão 500 refeições distribuídas aqui diariamente, sempre pedindo para que a pessoas respeitem o espaço mínimo entre uma pessoa e outra, para que as regras que são estabelecidas de proteção do contágio ao coronavírus possam ser seguidas”, completou.

Estrutura
Na lavanderia, trazida de São Paulo para a capital baiana, existem três compartimentos, sendo uma cozinha para preparação das refeições, uma sala para atendimento psicossocial e outro compartimento com máquinas industriais de lavagem e secagem.

O acesso ao serviço será feito através das equipes de abordagem social da Adra e Sempre, com reforço de 15 voluntários. Ao todo serão 500 atendimentos por dia, inclusive aos finais de semana, no horário das 8h às 15h.

Um dos serviços é o de lavagem de roupas e pertences. A lavanderia industrial tem capacidade para lavar e secar 280 kg de roupa e cada processo dura cerca de uma hora e meia.

(Foto: Valter Pontes/Secom)
Quem procurar o serviço também vai passar por acompanhamento psicossocial, sendo orientado quanto à higienização e necessidade de abrigamento. Quem decidir sair da rua será encaminhado para uma das vagas nas unidades de acolhimento provisório oferecidas através da Sempre.

“Essas pessoas poderão ser acolhidas, ter um local para sua higienização, além de receber alimentação diária da prefeitura. Essa estrutura é usada internacionalmente e em outros estados do país. Usa-se geralmente em estados de calamidade. Fizemos esse apelo e a prefeitura conseguiu implantar o serviço em Salvador”, afirmou a secretária Ana Paula Matos, que anunciou que nos próximos dias a prefeitura irá implantar quatro containers, com 10 opção de banho em cada, totalizando 40 chuveiros, 20 para homens e 20 para mulheres.

“Vamos garantir que essas pessoas que estão nas ruas que tenham acesso a toda higiene e estrutura possível. Vamos acompanhá-los de perto com os atendimentos psicossociais”, completou.

PHOTO JORNALISMO / Fonte: Correio24h

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.