Header Ads

APAE teve recursos garantidos durante a gestão de Pedro da Campineira

Durante sua gestão, Pedro da Campineira assinou um convênio entre a Prefeitura Municipal de Itamaraju e a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) garantindo à entidade o repasse de R$13.623,12, proveniente do Fundo Estadual de Assistência Social, sob a responsabilidade da SEDES, Secretaria Estadual de Desenvolvimento Social e Combate a Pobreza, na época.

A APAE, como todos sabem, é uma instituição filantrópica e sem fins lucrativos, que sobrevive graças às contribuições de setores da sociedade e dos convênios firmados com as esferas governamentais. Na gestão de Pedro da Campineira, a entidade recebia recursos do Governo Federal, do Governo Estadual e do município de Itamaraju.

Segundo o ex-prefeito e pré-candidato a prefeito Pedro da Campineira, “os valores do convênio municipal eram repassados à entidade de forma integral, e quando os valores conveniados pelo governo estadual e federal eram disponibilizados para o Fundo Municipal de Assistência Social, de imediato, buscava fazer imediatamente o repasse a APAE porque sempre tive a consciência de que a entidade precisava dos recursos para continuar assistindo às pessoas com deficiência”, pontua Campineira.

Ainda de acordo com Pedro da Campineira, durante a sua gestão ele sempre buscou dar a contrapartida nos convênios e manteve 40 servidores municipais atuando na APAE (com exceção da presidente que presta serviço voluntário) e doou a entidade um micro-ônibus, que arca com as despesas de combustível e manutenção.

Criada em 1987 e localizada à Rua Antônio Fontes Mascarenhas, 589, no Bairro de Fátima, a APAE atende a cerca de 250 crianças na Escola Especial Antônio Francisco Lisboa, que homenageia com seu nome o importante escultor, entalhador e arquiteto mineiro do Brasil colonial, Aleijadinho. Durante a gestão de Pedro da Campineira, na escola eram oferecidos aos deficientes atendimento pedagógico e tratamento de reabilitação, com equipe que tinha fonoaudióloga, psicóloga, fisioterapeuta, monitor de educação física, auxiliar de fisioterapia, Pedagoga e Assistente Social.

Cumprindo seu papel social, a APAE realiza visitas domiciliares e também agiliza toda a documentação para obtenção de benefícios pelas famílias de deficientes bem como emissão da carteirinha do deficiente, tanto a municipal quanto a intermunicipal. Durante a gestão Campineira, também eram oferecidos aos alunos cursos de dança e capoeira, e atividades físicas esportivas como futsal, futebol e handebol. As crianças, jovens e adultos atendidos na APAE de Itamaraju também tinham aula de informática diariamente e, na ocasião do 7 de setembro, havia um trabalho com a banda marcial, feito por um instrutor de forma voluntária.

PRÉ-CANDIDATO A PREFEITO
Hoje, Pedro da Campineira é pré-candidato a prefeito.
Campineira que foi prefeito de Itamaraju durante 6 anos e 9 meses, expôs na entrevista as ações de seu mandato (2010 a 2016), e ressaltou que está colocando seu nome à disposição da população para que ele possa dar continuidade ao trabalho que ele iniciou quando prefeito.

Durante a sua gestão, Pedro foi reconhecido como o gestor que pavimentava bairros inteiros garantindo aos moradores mais dignidade e qualidade de vida. Bairros como Jaqueira, Canaã, Primavera e Liberdade, assim como, os bairros que foram contemplados com pavimentação em sua totalidade durante a referida gestão.

Pedro também, é relembrado pelo fato de oferecer cuidado e atenção aos munícipes no quesito saúde. Quando foi Gestor, não media esforços para oferecer condições de transporte, transferências e tratamentos médicos para os itamajuenses que passavam por alguma situação de enfermidade para cidades que possuem estrutura melhor de atendimento.

Pedro da campineira entra na disputa das eleições de 2020, com total confiança e credibilidade, de diversos cidadãos itamarajuenses que presenciaram o bom trabalho e dedicação para com a cidade de Itamaraju em seu mandato.
Ele vem se preparando e tornando público a sua pré-candidatura a prefeito.

PHOTO JORNALISMO / Por: VCAKI

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.