Header Ads

Polícia retoma buscas por jovens que sumiram após festa em barco

A Polícia Civil continua investigando o desaparecimento de uma jovem e três adolescentes - duas delas irmãs, na cidade de Eunápolis. Na manhã desta terça-feira (11), agentes da Delegacia Territorial retomaram as buscas em uma vasta área de vegetação nos fundos de um cemitério municipal, no bairro Sapucaieira.

Há denúncias que as jovens, que foram sequestradas há quase 15 dias, tenham sido mortas e enterradas no local. Semana passada, a polícia já tinha usado cães farejadores na tentativa de localizá-las.

As amigas desapareceram um dia após participarem de uma festa em um barco com traficantes em Trancoso, litoral sul de Porto Seguro. Segundo a polícia, no último dia 27 de julho, por volta das 16h30, alguns homens estiveram no local e as levaram em duas motos para um lugar ainda desconhecido. Desde então, não foram mais vistas.

Em um vídeo gravado e postado numa rede social, uma das garotas aparece fazendo um gesto alusivo à facção MPA (Mercado do Povo Atitude), de Porto Seguro, mas logo é alertada pela irmã. As imagens, feitas pelos próprios bandidos, foram compartilhadas em grupos de aplicativo de celular.

As duas são moradoras de Eunápolis, onde o tráfico de drogas é controlado pelo Primeiro Comando de Eunápolis (PCE), que tem como arquirrival a facção MPA. No dia seguinte, após voltarem para Eunápolis, e se reunirem na casa de uma delas, no Juca Rosa, as meninas sumiram.

Conforme a Delegacia Territorial, as buscas visam também a localização de outras pessoas que estão desaparecidas na cidade.

PHOTO JORNALISMO / Fonte: Radar64

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.