Header Ads

Após dois atentados criminosos a Rádio Lajedão FM volta com sua programação normal: Edvaldo Alves cobra punição aos autores

Lajedão: O diretor da Rádio Lajedão FM, Edvaldo Alves, informa que a rádio estará funcionando normalmente a partir desta terça-feira, 30 de março. Após 41 dias do segundo atentado, a Rádio Lajedão FM voltará a operar 100%. O grupo criminoso não se conteve com o primeiro atentado em que destruiu e furtou equipamentos, e voltou em menos de 15 dias e incendiou a rádio. O prejuízo foi grande, passando dos R$ 20 mil reais, sem contar o tempo em que a rádio ficou sem atividades, gerando grande prejuízo social.

Segundo Edvaldo Alves, houve muita ajuda da comunidade, mas o prejuízos foram muito grandes, e foi difícil colocar a Rádio Lajedão FM no ar novamente, porque queimou toda a estrutura. “Com muita persistência, conseguimos instalar hoje os equipamentos que faltavam, e a Rádio vai funcionar com 100% de sua capacidade. Passamos o dia todo com os técnicos, instalando e testando os equipamentos. Eu, o radialista Vandilson Reis e os técnicos conseguimos deixar tudo pronto para a volta da programação normal.”

“Agora só esperamos que a Justiça faça a sua parte e coloque os marginais que fizeram isso na cadeia. Que eles paguem nos rigores da lei, pois, não se trata apenas de um crime em que os prejuízos foram materiais, mas, um crime em que os prejuízos sociais e comunitários foram enormes, sem contar que foi um crime contra a imprensa, contra a liberdade de expressão. Foi um crime político. Quando não se tem argumentos, quando a corrupção e a ingerência são expostas, os inescrupulosos agem às margens da Justiça, agem criminalmente, e assim foi feito. Confiamos na Polícia, confiamos na Justiça. Esses marginais precisam ser punidos”.

“Não me calarei. Foi um duro golpe, mas vou continuar trabalhando, levando a verdade ao povo de Lajedão. Agradeço a cada um que colaborou de alguma forma, que nos incentivou, que nos apoiou, que acreditou no nosso retorno. A comunidade de Lajedão continuará a ter voz através dos nossos microfones. Nossa Rádio é Comunitária e sempre exerceu esse papel. Não vamos nos acovardar. Juntos somos mais fortes. Obrigado a todos e a todas”, desabafou Edvaldo Alves.



PHOTO JORNALISMO / Por: Lenio Cidreira/Liberdadenews

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.