Header Ads

“Tribunal do crime” pode ter matado jovens que vieram trabalhar em Caraíva

Bandidos podem ter achado que eles praticavam furtos e roubos; família acredita que eles foram confundidos

A polícia investiga o assassinato de Ícaro Carvalho dos Santos, idade não divulgada, e o desaparecimento do amigo dele, Davi Santos Souza, 17 anos, na Aldeia indígena Xandó, na região Caraíva, zona rural de Porto Seguro. Os dois jovens vieram da cidade de Santo Antônio de Jesus, no recôncavo baiano, para trabalhar durante a alta temporada em uma pousada.

O corpo de Ícaro foi encontrado no fim da manhã de terça-feira (16/03), com lesões profundas na cabeça e nos braços. A polícia suspeita que Davi também tenha sido morto, pois testemunhas relatam que a quadrilha levou ele e o amigo.

Há indícios de que eles podem ter sido mortos por criminosos do “tribunal do crime”, porque seriam suspeitos de cometer furtos e roubos naquela região. Mas, para a família, os colegas podem ter sido confundidos.

“David ligou semana passada para a mãe dele e disse que viria passar o seu aniversário, sexta-feira (20), com a família. Ele não falou nada sobre estar sendo ameaçado”, afirmou um familiar.

“Nós só queremos encontrar o corpo do nosso menino para poder dar um enterro digno”, disse um familiar de David, que acredita que ele também foi morto.

Um inquérito já foi instaurado para aprofundar as investigações. A polícia fez buscas, mas não localizou David. O corpo de Ícaro foi levado para Santo Antônio de Jesus. O enterro foi realizado nesta quarta-feira (17).

PHOTO JORNALISMO / Fonte: Radar64

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.